Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - página história de Pernambuco PortalPE - página Perfil do Gorvenador PortalPE - página Secretarias do Estado PortalPE - página Programas do Governo PortalPE - página ÚltimasNotícias PortalPE - página Serviços Online PortalPE - página Rádio SEI

Notícias

Notícias

Publicado em 30/11/2017 | Categoria: APAC em destaque
Voltar

Apac realiza treinamento com novos validadores do Monitor de Secas

Gerentes e técnicos das Gerências Regionais do IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco) participaram da "Oficina de Treinamento de Validadores do Monitor de Secas do Nordeste" realizada pela Apac, para ampliar a rede de validadores em Pernambuco. A oficina foi ministrada no Centro de Treinamento do IPA, na cidade de Carpina, no dia 29 de novembro, e constou com a participação da equipe da Agência Nacional de Águas (ANA).


O treinamento capacitou os técnicos para participar do Monitor de Secas como validadores, colaborando mensalmente com informações locais das condições do tempo nas diversas regiões do estado de Pernambuco. Com isso, o IPA se junta à rede de participantes do Monitor de Secas do Nordeste, que é composta por instituições de clima e dos setores de recursos hídricos e agricultura dos diversos estados do Nordeste e federais.



O Monitor de Secas do Nordeste consiste em um processo de produção de um mapa mensal que descreve o estado atual da seca em toda região, por meio de cinco categorias de seca, visando a identificação da severidade da seca em suas dimensões meteorológica, hidrológica e agrícola.




Se trata de um processo participativo entre União e Estados, coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Atualmente, Funceme (Ceará), Apac (Pernambuco) e Inema (Bahia) se revezam na produção dos mapas do Monitor de Secas do Nordeste. A validação desses mapas é feita pela rede de validadores locais, responsáveis em confirmar ou contestar o estado de seca de uma determinada área in locoA natureza colaborativa entre estados e União, assim como o processo de validação local, garante o consenso entre as duas esferas no que se refere ao estágio de desenvolvimento da seca.



Instituições provedoras de dados – entidades federais e estaduais, e algumas internacionais, que fornecem informações para atualização do Monitor de Secas.


Instituição central – responsável por coordenar as atividades de atualização e desenvolvimento do Monitor de Secas (ANA).


Autor – instituição responsável por representar a situação atual de seca no Monitor e coordenar o processo de validação. Atualmente três instituições desenvolvem essa função em sistema de rodízio (Funceme, Apac e Inema).


Validador – responsável por confirmar a situação local, confirmando ou sugerindo alterações à proposta do Mapa apresentado pelo autor, que foi baseado nos indicadores de seca e produtos de apoio. É quem vivencia a seca e pode informar a condição de sua localidade com propriedade. A validação deve, preferencialmente, estar acompanhada de argumentos sólidos, baseadas em evidências para evitar subjetividade.