Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 03/08/2011 | Categoria: Mais Notcias
Voltar

Encontro debate o desafio mundial da gesto da gua

Quais os maiores desafios mundiais em relação aos recursos hídricos? Este foi o principal assunto discutido por especialistas de renome internacional reunidos nesta segunda-feira (11.07), no Recife. Promovido pela Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos de Pernambuco para cerca de 70 técnicos da própria SRHE e da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o encontro foi uma prévia do 14º World Water Congress, que será realizado em setembro, em Porto de Galinhas.

Participaram das discussões o presidente da International Water Resources Association (IWRA), o chinês, Jun Xia, o presidente do Comitê Científico do 14º World Water Congress, o norte-americano, Christopher Scott, o representante da Association Verseau Developpement, da França, Tom Soo, o professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rui Carlos Vieira da Silva, além do secretário executivo de Recursos Hídricos de Pernambuco e professor da Universidade Federal de Pernambuco(UFPE), José Almir Cirilo.

Abrindo a palestra, Cirilo destacou as mudanças na disponibilidade e no consumo de água em todo o mundo. Para o norte-americano Christopher Scott, os desafios precisam ser enfrentados e os problemas combatidos por todos. “Somos parte de um planeta interconectado. Mudanças climáticas no Brasil atingem a China e mudanças na China atingem os EUA e etc.”

Para o presidente da IWRA e diretor do Centro de Pesquisa de Recursos Hídricos da Academia Chinesa de Ciências, Jun Xia, o grande desafio em nível mundial é a gestão da água, sobretudo para permitir o equilíbrio da disponibilidade com o grande crescimento da população. Ele dá como exemplo o que acontece em seu próprio país, um dos mais populosos do mundo. "Na China, as pessoas em geral não economizam, não cuidam bem da água. É preciso mais educação para aumentar a conscientização".

Todos os palestrantes virão novamente a Pernambuco para participar do Congresso Mundial. Será a 1ª vez que o evento será realizado num país da América do Sul e deverá contar com a apresentação de mais de 800 trabalhos técnicos.