Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 03/05/2012 | Categoria: Mais Notcias
Voltar

Comea a dragagem do Rio Beberibe

Beberibe 1Nesta quarta-feira (02.05), às 10h, o governador de Pernambuco Eduardo Campos fez visita ao canteiro de obras para acompanhar o início dos trabalhos de dragagem do rio Beberibe, que banha os municípios de Recife, Olinda, Camaragibe e Paulista.O trabalho é coordenado pela Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos (SRHE).


 Nesta fase inicial, os trabalhos se estenderão por 2,2 quilômetros, no trecho que vai da ponte da avenida Olinda até a foz do rio, junto ao Porto do Recife. O prazo para conclusão da dragagem é de dez meses, com investimento de R$ 16,4 milhões. Para dar uma ideia da importância desse ação para o Beberibe, o governador Eduardo Campos destacou o tempo em que o rio não passava por uma intervenção desse tipo. "A última dragagem feita no Beberibe foi em 1982, há 30 anos".


O projeto prevê o uso de draga de sucção para a retirada de 500 mil metros cúbicos de sedimentos, que serão separados e enviados a aterros Beberibe 2sanitários ou destinados a uma área de disposição final de sedimentos em alto-mar, a 6 milhas da costa (bota-fora oceânico). Dois batelões, apelidados de Beberibe I e Beberibe II, estão sendo especialmente construídos para levar os sedimentos ao alto-mar.


A dragagem faz parte das ações do projeto de revitalização do rio que terá investimento total de R$ 63 milhões e incluirá diversas etapas com intervenções como a renaturalização da bacia hidrográfica, alargamento das calhas e urbanização. O trabalho de revitalização será feito nos 13 km considerados mais degradados do rio, que tem 23 km de extensão no total. Os recursos são oriundos de um empréstimo do Governo do Estado junto à Caixa Econômica Federal (CEF).


Beberibe 3O secretário de Recursos Hídricos e Energéticos, José Almir Cirilo, explicou que a área escolhida para ser dragada primeiro é fundamental para melhoria no fluxo das águas. "Não adiantaria muito a gente fazer intervenções em outros trechos sem trabalharmos na foz. O primeiro benefício do projeto é o controle de enchentes porque hoje o rio é uma barreira de sedimentos, que impedem a água de escoar", falou.


O projeto de revitalização do rio Beberibe, em conjunto com outros programas  governamentais como o Prometrópole, visa recuperar a qualidade ambiental do rio e as condições de vida das populações ribeirinhas, beneficiando também a atividade pesqueira.


Outras etapas do projeto estão sendo concluídas para que os demais trechos do Beberibe também recebam intervenções. Nessa primeira etapa de dragagem (trecho entre a ponte da avenida Olinda e  a foz), não vai haver necessidade de remoção de famílias ribeirinhas. O trabalho de revitalização será executado em diversas etapas com conclusão prevista para 25 meses.