Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 09/05/2012 | Categoria: Meteorologia
Voltar

APAC e LAPIS apresentam panorama da estiagem no nordeste brasileiro

 

METEOSAT_9

Figura 1 – Composição do NDVI pelo satélite METEOSAT 9. (Fonte: LAPIS/UFAL)

 

O Laboratório de Processamento de Imagens de Satélite (LAPIS) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), que realiza intercâmbio de informações com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), monitora o quadro do índice de vegetação do Brasil por meio do satélite METEOSAT-9.


O Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI) permite não só mapear a vegetação, mas também medir a quantidade e a condição da vegetação em uma determinada área. Consequentemente, o NDVI pode ser utilizado no estudo do ciclo de crescimento da vegetação e na análise de eventuais perturbações em seu ciclo sazonal.


Com os resultados obtidos pelo LAPIS/UFAL, pode ser observada a influência e a área da atual seca sobre o semiárido nordestino. Verificou-se que apenas o sul do Ceará, oeste do Piauí e o Maranhão apresentam a situação menos crítica. Em todo o restante do Nordeste existem deficiências hídricas com grau mais acentuado.


Vale salientar que algumas áreas possuem período chuvoso entre os meses de maio e julho, como é o caso do Agreste Pernambucano, o que pode amenizar a situação.