Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 02/08/2012 | Categoria: Mais Notcias
Voltar

Projeto de dragagem vai viabilizar a navegao no Rio Capibaribe at 2014

Gov_27.07

Em 25/07, o governador Eduardo Campos e o prefeito João da Costa assinaram o edital de licitação para o projeto de dragagem do Rio Capibaribe. A cerimônia aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco e contou com a presença de representantes do poder público estadual e municipal. O diretor-presidente da Agência Pernambucana de Águas e Clima, Marcelo Asfora, compareceu ao evento representando oficialmente o secretário de Recursos Hídricos de Pernambuco, Almir Cirilo. A iniciativa é parte de uma plataforma mais ampla de soluções sustentáveis para lidar com o problema da poluição em cursos fluviais, especialmente os que cortam o perímetro de grandes cidades.

Com investimento total na ordem de R$ 289 milhões, o Projeto Rios da Gente tem por objetivo a retirada de resíduos acumulados no leito dos rios pernambucanos, é idealizado pelo Governo do Estado e busca melhorias na qualidade de vida da população e nas condições ambientais. Estimado em R$ 102 milhões, o trabalho de dragagem do Capibaribe está inserido nesse programa, representando 35% do total. O início das obras está previsto para outubro e Inicialmente, serão retirados materiais contaminados como metais pesados e esgoto, que serão encaminhados a uma estação de tratamento e posteriormente, a um aterro sanitário. A segunda etapa

Além de favorecer o equilíbrio ambiental do rio, o procedimento vai possibilitar a navegabilidade através dos 17 quilômetros que serão dragados, até 2014. O trecho corresponde às zonas oeste e norte da cidade e deve contribuir para a mobilidade urbana nas vias mais congestionadas da cidade. Do orçamento total, um terço parte do Governo do Estado, um terço será captado através de financiamento e um terço do Governo Federal. Será agendada uma audiência pública para discutir o estudo de impacto ambiental da implementação do projeto.