Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 10/08/2012 | Categoria: APAC em destaque
Voltar

APAC disponibiliza histrico pluviomtrico de Pernambuco

A partir do mês de agosto, o site da Agência Pernambucana de Águas e Clima passa a oferecer uma nova fonte de consulta ao usuário: o índice pluviométrico histórico do Estado desde 1907, um amplo banco de dados que permite a análise detalhada das precipitações ocorridas em mais de um século de linha cronológica, sendo possível visualizar dados ao longo de meses, anos e até mesmo décadas. 

     

base de dados pluviométricos              base de dados pluviométricos 2                                                                       

                  figura 1                                                                   figura 2

 

As informações podem ser obtidas na seção de meteorologia, que o usuário acessa clicando na opção “tempo/clima”, localizada na área superior direita da página inicial (figura 1). Já dentro do serviço de meteorologia, aparece no menu à direita a opção “monitoramento pluviométrico”, logo abaixo dos boletins pluviométricos lançados mensalmente (figura 2).

 

Ao acessar o monitoramento pluviométrico, será exibida uma tela onde o usuário seleciona os parâmetros para personalizar sua busca: primeiramente, define as datas de início e fim da consulta, que vão exibir os dados diários e o acumulado mensal de acordo com o período informado. Depois, escolhe entre exibir as informações por posto ou mesorregião (figura 3). Os dados aparecerão na tela organizados por dia (coluna) e mês (linha), sendo possível ainda exportar a tabela para uma planilha Excel (formato .xls) gerada pelo sistema.


base de dados pluviométricos 3

                                                           figura 3