Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 15/04/2013 | Categoria: Mais Notcias
Voltar

Estado ganha 440 barragens e prepara mais 660 para minimizar os efeitos da seca

Gov_Eduardo_Campos_Barragem_Pedra_Dagua"Estamos construindo 440 barragens, investindo agora para democratizar o acesso à água nesta e em futuras estiagens". Foi o que revelou o governador Eduardo Campos ao visitar, na tarde desta sexta-feira (12/04), a Barragem de Pedra d\'Água, em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, que vai atender as necessidades da pequena agricultura no município.Acompanhado por secretários de estado e pelo ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, Eduardo destacou a parceria com o Governo Federal para a concretização dos projetos e anunciou a proximidade de assinatura de convênio para mais 660 barragens, elevando para 1.100 o total de novos reservatórios construídos na região do semiárido."Alcançaremos a média de praticamente dez barragens para cada município, consolidando capacidade de acumulação equivalente a quase uma barragem como a de Jucazinho, que armazena 250 milhões de metros cúbicos, só que de uma maneira descentralizada e mais próxima das comunidades", afirmou o governador.


Eduardo Campos enalteceu a parceria com o Ministério da Integração no esforço de enfrentamento da seca. "Essas barragens são pulmões nas áreas mais remotas de acúmulo de água, aonde não chegam as adutoras e outras alternativas", pontuou. "E agora o ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) está desenhando um novo convênio para outras 660", completou o governador.


CIMENTO - Ainda em Carnaíba, o chefe do Executivo estadual participou da inauguração da Fábrica de Cimento Pajeú. O empreendimento gerará 140 empregos diretos e uma ambiente de bastante otimismo para todo o Sertão do Pajeú. Durante a inauguração, Eduardo ouviu dos diretores da empresa o compromisso de dobrar a produção da nova fábrica até o segundo semestre de 2014. A produção inicial está estipulada em 220 toneladas de cimento por dia.

Fabrica_cimento_Carnaiba

"Este é um empreendimento importante, que vem na linha do que foi formulado na linha de política de incentivo, de ter mais incentivo. Empresas que vão mais distante da Região Metropolitana são estratégicas para o Sertão. Captar mais e mais empreendimentos como esse que vai ajudar a fortalecer a base econômica, para, inclusive em ciclos de estiagem, se ter alternativas econômicas que seguram a dinâmica das cidades. Estou feliz de ver essa fábrica no papel e estar funcionando, gerando empregos diretos, pessoas qualificadas no próprio município", disse o governador.


Fabrica_cimento_Carnaiba_01Para o ministro da Integração Nacional, a atração da fábrica é "fruto da política de atração de fábricas para o Estado, implantada pelo governador Eduardo Campos desde 2007, que redesenhou a política de incentivos fiscais, oferecendo incentivos diferentes para quem quisesse ir a Suape ou ao Interior. Saímos de um padrão de uniformidade para um diferenciado, equilibrando assim o desenvolvimento de Pernambuco", afirmou Bezerra Coelho, ressaltando ainda a capacidade do governador na formação de equipes.


Já o prefeito de Carnaíba, José Mario Cassiano, comemorou o início da produção da fábrica, que coloca o município no caminho da industrialização. "Hoje é um dia histórico para Carnaíba. A partir de agora, passamos a fazer parte das cidades com indústrias em nosso País. Carnaíba hoje cresce, cresce o comércio, e o mais importante é a quantidade de emprego que vai se gerar aqui na região", enalteceu Cassiano.