Topo do Governo de Pernambuco
Link para Barra do Governo do Estado de Pernambuco PortalPE - pgina histria de Pernambuco PortalPE - pgina Perfil do Gorvenador PortalPE - pgina Secretarias do Estado PortalPE - pgina Programas do Governo PortalPE - pgina ltimasNotcias PortalPE - pgina Servios Online PortalPE - pgina Rdio SEI

Not�cias

Not�cias

Publicado em 14/03/2016 | Categoria: APAC em destaque
Voltar

Estado tem projeto pioneiro para modernizar sua gesto

A Secretaria de Administração - SAD, responsável pelo desenvolvimento organizacional do Estado, está implantando um projeto pioneiro para modernizar e melhorar a gestão de pessoal. A expectativa é obter um melhor aproveitamento dos servidores, levando em consideração as habilidades de cada um e as atividades por eles desempenhadas. Para isso, será realizado mapeamento das competências e dimensionamento da força de trabalho dos órgãos do Poder Executivo. A iniciativa vai auxiliar ainda na solicitação de concursos públicos e no planejamento e controle das fases do certame, como a elaboração de editais. “O aprimoramento do serviço público, bem como a motivação do quadro funcional, tem sido uma preocupação permanente do Governo de Pernambuco. E essa iniciativa refletirá diretamente na melhoria da qualidade de vida dos servidores, pois aproveitará cada profissional de acordo com seu real potencial”, ressaltou o secretário de Administração, Milton Coelho, lembrando que o projeto também atende aos anseios dos servidores, levantados, inclusive, durante as mesas de negociação. O projeto está sendo executado pela Secretaria Executiva de Pessoal e Relações Institucionais - Sepri, através do Núcleo de Gestão por Competências e Provimento - NGCOP. Segundo a gestora governamental, chefe do Núcleo do (NGCOP), Alessandra Rodrigues, o trabalho, desempenhado em parceria com os órgãos públicos, é dividido em várias etapas e conta com a colaboração de gestores e servidores. “No momento inicial, é feita uma sensibilização com o quadro de pessoal para apresentar o projeto e explicar a importância do mapeamento de competências. O passo seguinte é a aplicação de um questionário, no qual os servidores têm a oportunidade de falar sobre suas atribuições diárias e expectativas”. Ainda segundo ela, “com base nessas informações e nas visitas técnicas realizadas pela equipe da Secretaria de Administração, é feito relatório com uma espécie “raio x” do órgão, traçando o perfil do quadro, com cálculo da demanda e do volume de trabalho, considerando ainda as sugestões dos servidores do órgão”. O primeiro órgão do Poder Executivo a receber o projeto foi o Instituto de Criminalística de Pernambuco-IC. “O trabalho durou seis meses e ajudou a identificar soluções administrativas, que vão contribuir para tornar a gestão de pessoal mais moderna e eficiente”, disse Alessandra, lembrando que, neste mês de março, será a vez da Agência Pernambucana de Águas e Clima - APAC a ser submetida ao processo. A escolha dos órgãos é feita a partir das mesas de negociações, com participa- ção dos sindicatos representantes das categorias, ou ainda por demanda dos interessados.



CONCURSOS - Além do melhor aproveitamento das habilidades, o projeto de mapeamento também pretende otimizar os concursos públicos, assegurando a contratação mais direcionada e eficiente e com base nas reais necessidades dos órgãos, gerando ainda uma redução de gastos para o Estado. Para isso, a SAD aplicará uma metodologia nas áreas que tenham necessidade de demandar esses concursos, realizando um estudo aprofundado para conhecer que tipo de profissional o órgão está realmente precisando e quantos precisam para desenvolver determinado tipo de atividade, por exemplo. “Assim, os gestores de pessoas terão um papel fundamental, pois irão trabalhar junto com uma comissão da SAD a fim de formalizar, dentro das normas atuais, um pedido de concurso à Secretaria de Administração” Alessandra Rodrigues.


ENCONTRO - Recentemente, a Secretaria Executiva de Pessoal e Relações Institucionais, através do Núcleo de Gestão de Competências e Provimento, reuniu gestores de pessoas de diversos órgãos estaduais para apresentar as diretrizes deste novo projeto de planejamento e estruturação de força de trabalho na esfera governamental e padronização das etapas que compõem a fase interna dos certames. Durante o encontro os gestores responderam a um questionário sobre as dúvidas e críticas acerca do assunto. “A partir dessas respostas iremos padronizar documentos necessários à elaboração de um concurso e normatizar uma legislação para o processo”, pontuou Alessandra, ressaltando a importância do trabalho para o Estado. “Atualmente, já não basta capacitar profissionais para responderem às demandas da gestão contemporâ- nea. É preciso definir quais são as competências que serão capazes de assegurar, pois o objetivo maior é garantir um maior benefício à população”.