• Região Metropolitana 23°C 31°C
  • Mata Norte 22°C 31°C
  • Mata Sul 21°C 30°C
  • Agreste 19°C 29°C
  • Sertão de Pernambuco 17°C 31°C
  • Sertão de São Francisco 20°C 32°C
  • Fernando de Noronha 26°C 30°C

Agência Pernambucana
de águas e clima

Notícias

Apac realiza reunião de encerramento do Projeto do Plano Hidro ambiental Goiana

 

O evento de encerramento do PHA Goiana aconteceu nesta quinta-feira (25), no Hotel Go Inn Goiana, de forma exclusivamente presencial, com a participação de membros do Comitê de Bacia Hidrográfica, servidores da Apac e usuários de água da região.

O objetivo do Plano é aprimorar promovendo o uso múltiplo, racional e sustentável dos recursos hídricos da Unidade de Planejamento - UP01, tendo foco na preservação dos recursos hídricos e no fortalecimento do Sistema Integrado de Gerenciamento dos Recursos Hídricos de Pernambuco. “Instrumento norteador fundamental para o manejo sustentável dos recursos hídricos” Disse Júlia Bianek, Coordenadora do RHA (Recursos Hídricos e Ambientais Engenharia).

O PHA desempenhará um papel fundamental na segurança hídrica, promovendo uma gestão participativa eficiente, além de contribuir para a sustentabilidade a longo prazo dos sistemas hídricos e do meio ambiente como um todo.

O evento foi realizado para comemorar o encerramento da etapa de planejamento e organização do Plano Hidro ambiental da unidade de Goiana, marcado também pela entrega do contrato para o Comitê de Bacia Hidrográfica de Goiana para que dar seguimento e coloque em prática tudo que foi debatido durante as 6 etapas de desenvolvimento.

As etapas do processo de planejamento foram: no primeiro momento - mobilização da equipe, levantamento de dados e entregas dos relatórios dizendo como será realizada cada etapa, a segunda etapa foi para definir quais seriam os principais desafios através da oficina de diagnósticos, a terceira foi para fazer previsões através de cenários, para entender possibilidades de como o meio ambiente estaria para saber como agir nessas situações, a quarta e a quinta etapa foram realizadas em conjunto para definir ações, metas e plano de investimentos além do roteiro de implementação e o acompanhamento.

O projeto vai ter base em três pontos, a gestão de recursos hídricos, infraestrutura hídrica e a questão socioambiental. A gestão de recursos hídricos tem como principal meta, o fortalecimento do arranjo institucional estabelecendo um grupo de trabalho, o outro ponto é a infraestrutura hídrica, que pretende ampliar a cobertura de abastecimento de água, reduzir os níveis de perdas durante a distribuição de água, e o outro ponto fundamental do tripé é a questão socioambiental, que pretende criar novas unidades de conservação e corredores ecológicos, e também a recuperação de áreas de preservação permanente de nascentes e o fortalecimento da fiscalização e do monitoramento dessas áreas.