• Região Metropolitana 26°C 34°C
  • Mata Norte 24°C 35°C
  • Mata Sul 26°C 33°C
  • Agreste 22°C 35°C
  • Sertão de Pernambuco 21°C 33°C
  • Sertão de São Francisco 24°C 33°C
  • Fernando de Noronha 25°C 30°C

Agência Pernambucana
de águas e clima

Notícias

Boletim mensal divulga informações atualizadas sobre o fenômeno climático El Niño

 

A agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastre (CENAD) lançaram na última quarta-feira, 20 de setembro, o Painel El Niño 2023-2024. A publicação é um boletim que será divulgado mensalmente com o objetivo de apresentar o monitoramento, previsões e impactos do fenômeno climático no Brasil.

ana

O documento é resultado do trabalho realizado em parceria pelos órgãos nacionais responsáveis pelo monitoramento, regulação do uso das águas, gestão de riscos e previsão do clima e tempo. Mensalmente o conteúdo será atualizado para disponibilizar informações mais atualizadas acerca do fenômeno e, assim, apoiar os órgãos federais e estaduais na tomada de decisões.

El Niño é um fenômeno climático caracterizado pelo aquecimento da superfície do Oceano Pacífico e alteração nos padrões de circulação atmosférica em todo o planeta. No Brasil, já estão sendo observadas chuvas abaixo da média nas regiões Norte e Nordeste, e chuvas acima da média na região Sul, resultando na ocorrência de secas e inundações mais severas. Esses aspectos serão objeto de monitoramento mensal pelo Painel El Niño 2023-2024.

De acordo com o boletim, a previsão climática para outubro, novembro e dezembro indica maior probabilidade de chuva abaixo do normal entre o leste, centro e faixa norte do Brasil, com maiores probabilidades disso acontecer no Norte. Entre a região Sul, parte de Mato Grosso do Sul e de São Paulo; a previsão indica maior probabilidade de chuva acima do normal, sendo que esse comportamento climático reflete as características típicas de El Niño sobre o Brasil.

Ainda segundo o boletim, na faixa central do País, o período é de transição. Com isso, não se descartam episódios de chuva expressiva em algumas localidades, principalmente na segunda metade do próximo trimestre. No entanto, a tendência é de chuvas abaixo do normal no final do trimestre na porção norte desta faixa, o que pode favorecer a ocorrência de incêndios e queimadas. A previsão de temperatura indica maior probabilidade de calor acima do normal na maior parte do País.

O Painel também aborda a situação e os impactos sobre os recursos hídricos, como as condições de seca em todo o País retratada pelo Monitor de Secas, as inundações ocorridas na Região Sul e as vazões em recessão (diminuindo gradualmente) em alguns rios da Região Norte, além dos impactos identificados nos usos múltiplos da água. A publicação apresenta, ainda, a situação de armazenamento nos reservatórios e em sistemas hídricos locais.

A publicação será disponibilizada mensalmente em: https://www.gov.br/ana/pt-br/sala-de-situacao/todos-os-boletins-mensais-1/todos-os-boletins-mensais/todos-os-boletins-mensais

Plano de Contingência

Tendo em vista os impactos do El Niño sobre os recursos hídricos e usos múltiplos das águas, a ANA elaborou um Plano de Contingência, aprovado pela Diretoria Colegiada em junho de 2023. As medidas que já foram implementadas são a instalação as Salas de Crise das Regiões Norte e Nordeste. Além disso, foi dada continuidade à Sala de Crise da Região Sul. As reuniões envolvem a participação de diversas instituições envolvidas na gestão de recursos hídricos e riscos de desastres e são transmitidas simultaneamente pelo canal da ANA no YouTube. As próximas reuniões estão previstas para:

  • Sala de Crise da Região Norte: 11/10, às 15h;
  • Sala de Crise da Região Nordeste: 19/10, às 10h;
  • Sala de Crise da Região Sul: 26/09; às 10h. 

 
Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)
(61) 2109-5129/5495/5103