• Região Metropolitana 21°C 29°C
  • Mata Norte 19°C 29°C
  • Mata Sul 19°C 28°C
  • Agreste 17°C 26°C
  • Sertão de Pernambuco 17°C 32°C
  • Sertão de São Francisco 21°C 33°C
  • Fernando de Noronha 25°C 30°C

Agência Pernambucana
de águas e clima  

Notícias

 

Chegou o Outono 2022

fdc06012 a9be 4b87 8d56 bf4e6e8685c0

Neste domingo, dia 20 de março de 2022 a partir das 12h33min, se inicia o OUTONO no Hemisfério Sul, e se estenderá oficialmente até o dia 21 de junho de 2022, até às 06h14min. 

O início do outono no Brasil e em todo Hemisfério Sul é marcado pelo equinócio de março. O equinócio é um fenômeno astronômico que ocorre quando o “Sol” através de seu movimento aparente passa a Linha do Equador, ou seja, a inclinação dos raios solares passa pela latitude de zero grau. No equinócio o dia tem a mesma duração, nas mesmas latitudes do hemisfério Norte como no hemisfério Sul. 

O fim do outono é marcado pelo solstício de inverno, que ocorre quando a inclinação do Sol com relação Terra atinge sua posição mais ao norte. Então, o Outono é uma estação de transição, saindo do Verão para o Inverno, do quente para o frio, isso é mais perceptível quanto mais ao Sul estiver.

Em Pernambuco, o outono é caracterizado pela diminuição gradativa das chuvas no Sertão e aumento das chuvas no Litoral, Zona da Mata e Agreste, como pode ser visto na Figura 1, que representa a climatologia dos meses do outono: abril, maio e junho. Nesse período chove em média: 187 mm no Sertão, 323 mm no Agreste, 572 mm na Zona da Mata e 901 mm na Região Metropolitana do Recife. Ao longo do Outono, o oceano Atlântico mais quente com alguns sistemas meteorológicos mais úmidos e com mais instabilidades, provocando um aumento das pancadas de chuvas do Litoral ao Agreste em relação aos meses anteriores.

Com relação às temperaturas, observa-se uma diminuição do calor com a redução gradativa das temperaturas do ar em todo estado, os dias ficarão mais amenos no decorrer dos meses, com as noites se tornando mais frias à medida que se aproxima de junho, para a chegada do inverno. Este fato ocorre, pois, a inclinação da Terra em seu movimento de translação, faz com que os raios solares permaneçam mais tempo no Hemisfério Norte e diminuam lentamente as horas de brilho (diurno) no Brasil ao longo do Outono.