• Região Metropolitana 21°C 30°C
  • Mata Norte 21°C 30°C
  • Mata Sul 21°C 29°C
  • Agreste 18°C 31°C
  • Sertão de Pernambuco 18°C 34°C
  • Sertão de São Francisco 22°C 36°C
  • Fernando de Noronha 26°C 31°C

Agência Pernambucana
de águas e clima  

Notícias

 

Projeto Produtor de Água do Bitury terá Unidade de Gestão do Projeto instalada em Abril.

Projetos

Projeto Produtor de Água do Bitury terá Unidade de Gestão do Projeto instalada em Abril.

Mapa Bitury

A Agência Pernambucana de Águas e Clima - Apac desenvolveu um Estudo para implantação do Projeto Piloto de Pagamento por Serviços Ambientais na área de contribuição do reservatório Engenheiro Severino Guerra (açude Bitury), localizado no município de Belo Jardim, bacia hidrográfica do Rio Ipojuca, utilizando como base a metodologia do Programa Produto de Água da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico– ANA.

O Projeto tem como objetivos promover a disponibilidade hídrica ao longo prazo e a melhoria da qualidade da água para abastecimento. A ação prevista no Plano Hidroambiental (PHA) da Bacia do Rio Ipojuca é considerada como investimento importante para a recuperação da bacia hidrográfica.

O Projeto Produtor de Água do Bitury está estruturado, bem como a instituição de sua Unidade de Gestão do Projeto- UGP, foram publicadas em janeiro de 2021, através da Portaria da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco-SEMAS nº002/2021, que coordena a Política Estadual de pagamento por Serviços Ambientais em Pernambuco e definiu a composição do Comitê Executivo do Programa de Pagamento por Serviços Ambientais.

A UGP será composta pela Semas Apac, Compesa, Conselho de Usuários do Açude Bitury, Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, Prefeitura Municipal de Belo Jardim, Prefeitura Municipal de Tacaimbó, Prefeitura Municipal de São Bento do Una, Prefeitura Municipal de Sanharó, Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca e o Instituto Técnico Federal de Pernambuco – IFPE.

A criação pelo Estado de Pernambuco em dezembro de 2020 da Área de Proteção Ambiental-APA Serras e Brejos do Capibaribe, que inclui a maior parte da bacia de contribuição do Reservatório Bitury possibilitará a captação de recursos financeiros da compensação ambiental para implantação do projeto.