• Região Metropolitana 25°C 31°C
  • Mata Norte 24°C 33°C
  • Mata Sul 23°C 32°C
  • Agreste 18°C 33°C
  • Sertão de Pernambuco 19°C 34°C
  • Sertão de São Francisco 22°C 33°C
  • Fernando de Noronha 26°C 31°C

Agência Pernambucana
de águas e clima  

Notícias

Presidente da Apac é homenageada no lançamento do Programa Mulher Pernambuco, promovido pelo - CREA Pernambuco

 

Presidente da Apac é homenageada no lançamento do Programa Mulher Pernambuco, promovido pelo - CREA Pernambuco

Notícias

Foi realizada na última quinta-feira, 30 de setembro o lançamento do Programa Mulher Pernambuco, na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco - CREA- PE que homenageou mulheres no protagonismo das engenharias, agronomia e geociências, com a proposta de estímulo ao empoderamento feminino e igualdade de gêneros dentro da entidade e da sociedade.

Na cerimônia, mulheres que desbravaram lugares nunca antes ocupados pela presença feminina, a exemplo da primeira vice-governadora de Pernambuco Luciana Santos, a primeira vice-prefeita do Recife Isabella de Roldão e a primeira Presidente da Apac, Suzana Montenegro.

Homenagem Suzana

A iniciativa está em sintonia com o programa nacional do Sistema Confea/Crea e Mútua. Hoje, os 27 Creas têm implantado sua versão do Programa Mulher. O lançamento aconteceu num formato híbrido. Contou com a participação das representantes do Comitê Nacional do Programa Mulher: Nancy Walter, engenheira ambiental, que preside o comitê; Fabyola Resende, engenheira eletricista e segurança do trabalho; e Michele Costa Ramos, engenheira mecânica, que também representou o presidente do Confea, Joel Krüger, o idealizador do programa. Além de Giucélia Figueiredo, engenheira agrônoma, que representou a Mútua Nacional.

O lançamento também foi palco para homenagear mulheres que se destacaram na área acadêmica e empresarial: Maria de Lourdes Alcoforado, engenheira eletricista; Suzana Montenegro, engenheira civil; Regina Gaudêncio, engenheira civil; Maria do Carmo Sobral, engenheira civil; Marta Lúcia Rolim, engenheira civil; e Maria da Conceição Cabral, engenheira civil.

O programa será conduzido por um comitê que vai buscar caminhos para estimular a participação feminina como autoras principais dentro do sistema. O comitê também desenvolverá políticas e programas atrativos e que deem destaque às mulheres. A equipe será presidida por Adriano Lucena e formada por Eloisa Moraes, engenheira civil; Giani Camara, engenheira de segurança do trabalho; Jaciara Marques, engenheira de segurança do trabalho; Cláudia Alcoforado, engenheira civil; Roberta Meneses, engenheira civil; e Pompéia Lins, engenheira eletricista.

A iniciativa da captação de mulheres para o Sistema Confea/Crea e Mútua começou em 2018. Tem por base as principais diretrizes do Plano Nacional de Política para Mulheres do Governo Federal, além de acordos internacionais, como a Convenção sobre a Eliminação de todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres (CEDAW).

O programa também está comprometido com o objetivo de desenvolvimento sustentável número 5 da agenda 2030 da ONU. Isso porque busca estimular o protagonismo das mulheres na construção de uma sociedade e de um Sistema Confea/Crea cada vez mais justo, igualitário e democrático.Homenagem CREA