• Região Metropolitana 23°C 33°C
  • Mata Norte 22°C 34°C
  • Mata Sul 21°C 34°C
  • Agreste 20°C 36°C
  • Sertão de Pernambuco 21°C 36°C
  • Sertão de São Francisco 21°C 35°C
  • Fernando de Noronha 25°C 31°C

Agência Pernambucana
de águas e clima  

Notícias

Apac participa de palestra no CREA sobre A Transposição do São Francisco e a segurança hídrica da região

 

Apac participa de palestra no CREA sobre A Transposição do São Francisco e a segurança hídrica da região

Notícias

A transposição do Rio São Francisco já é praticamente uma realidade para parte dos estados nordestinos beneficiada com o desvio do rio para abastecimento, plantações, a exemplo de Pernambuco. Com o projeto às portas da conclusão, questões como o valor desta água e como será a distribuição para garantir a segurança hídrica ganham espaço. O Crea-PE realiza hoje o debate: “A Transposição do São Francisco e a segurança hídrica da região”.

O evento, que acontece no formato virtual, é coordenado pelo Comitê Tecnológico Permanente (CTP) – eixo Um projeto para Pernambuco e o Brasil. O debate conta com a participação de Tiago Portela, engenheiro civil, e coordenador-geral de Obras e Fiscalização do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) do Ministério do Desenvolvimento Regional; Joaquim Gondim, engenheiro civil e superintendente da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA); e Renata Pinheiro, engenheira civil e gestora do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) em Pernambuco, como palestrantes.

O encontro ainda conta com a participação de representantes dos Creas dos Estados beneficiados com o projeto: Ana Adalgisa Dias Paulino, engenheira civil e presidente do Crea-RN; Emanuel Maia Mota, engenheiro civil e presidente do Crea-CE; e Aderaldo Luiz de Lima, engenheiro agrônomo e conselheiro do Crea-PB. Eles serão debatedores do tema.

A mediação ficará por conta do engenheiro civil e coordenador do eixo Um projeto para Pernambuco e o Brasil do CTP, João Recena. O debate quer buscar respostas e apontar alternativas para garantir uma segurança hídrica, levando uma água acessível para consumo humano, pequenos agricultores.

O evento acontece a partir das 19h, com transmissão ao vivo pela TV Crea-PE, no YouTube. Os participantes podem, depois das apresentações, fazer perguntas, considerações e sugestões pelo chat do YouTube. Este é o terceiro debate coordenado pelo CTP, sendo os primeiros temas sobre o Arco Metropolitano e a Transnordestina.